Seguidores

quarta-feira, 24 de agosto de 2011

APRENDIZAGEM É CONTINUA....

Aprendizagem Continuada ao longo da Vida- o Exemplo da Terceira Idade.

http://1.bp.blogspot.com/_VwF3qkjtEuA/TDXv8OmpQRI/AAAAAAAAADg/WU99qyFFOwU/s320/idosos.jpg

A aprendizagem não acontece somente nos bancos da escola em época escolar, mas sim, pelos longos anos de nossas vivencia. Estamos aprendendo diariamente um com o outro. É informação que nos chega de todos os lados, das mais diversas fontes informativas.

A aprendizagem acontece no âmbito da escola e se prolonga pelos bons momentos de nossa vida. Prova disso é a terceira idade, que esta aí sempre em movimento e energia. Sempre em busca de um novo saber. Além da sabedoria adquirida à prazerosa busca de conhecer o novo e estar em pleno vapor pela boa informação. Na terceira idade as pessoas passam a realizar coisas com mais prazer. Dedicacam um tempo maior para realizá-las, o que realmente lhes dê prazer, sem a cobrança e o desconforto em ter que realizá-las, ou até mesmo por falte de tempo.

A aprendizagem acontece em vários períodos da vida desde a nossa infância até a terceira idade. Por isso se dizer, que a aprendizagem continuada vai pelos bons e belos caminhos da vida, antes, durante e pós escolar.

A aprendizagem continuada acontece em todos os setores da vida. A pessoa em pleno exercício deve manter sempre atualizada, pois, informações atualizadas fazem parte do Sucesso profissional e pessoal. Continuar aprendendo faz parte da condição necessária para manter a posição de trabalho que se ocupa.

Assim como na infância, na terceira idade se tem um prazer muito especial para aprendê-lo. Na terceira idade as pessoas aprendem pelo prazer de aprender, sem carregar dentro si, a obrigatoriedade escolar, mas com a consciência que precisa saber e aprender. Buscar novos conhecimentos.

Quando criança aprende pelo prazer da descoberta do saber ler e escrever.

A criança antes de entrar na escola é motivada para aprender. Busca ativamente a informação, realizando atividades que contribuem para a construção do seu conhecimento.

Quando criança elas aprendem: engatinhar, andar, falar e descobrem como as coisas funcionam e como as pessoas pensam. Aprendem e aprendemos com coisas funcionam interagindo com os objetos e pessoas no dia a dia.

Mas tendo a certeza que o conhecimento faz parte da formação para poder viver e atuar em sociedade. A verdadeira construção do conhecimento esta no prazer de aprender.

“Aprender significa o aprendiz ser capaz de utilizar suas experiências de vida e conhecimentos já adquiridos na atribuição de novos significados e na transformação da informação obtida, convertendo-a em conhecimento”, (guia-pag.71).

Aprendemos e ensinamos porque temos que resolver problemas reais e interagir com pessoas e objetos do nosso dia a dia. A experiência de aprender e ensinar são prazerosas e não nos damos conta de que estamos aprendendo ou ensinando.

Embora o indivíduo aprenda com os objetos, pessoas, a escola tem a função de ajudar nessa formação continuada do aluno, para que o seu encantamento não desapareça. Que a escola cumpra seu papel de formadora enquanto a criança o adolescente ainda está presente na escola. Que ele não vá buscar este entusiasmo quando estiver fora dela. Que a escola saiba aproveitar os momentos de ensino para oportunizar a descoberta de o novo saber, a construção do seu conhecimento. Que estejam encorajadas a serem receptores ativos e não passivos. Que o professor possa ensinar e aprender, Que suas aulas sejam de prazer e não opressoras.

A motivação para aprender leva a pessoa querer aprender muito mais. Sendo motivado o aprendiz vai à busca do saber simplesmente pelo prazer de satisfazer e suas necessidades e interesses.

“A aprendizagem que ocorre na infância e na terceira idade é possível á criação de ambiente adequado e á presença de pessoas que funcionam como agentes que favorecem a construção do conhecimento”.

A sociedade deveria estar consciente de que as pessoas aprendem de diversas maneiras e deveria oferecer vários ambientes de aprendizagens.

A escola tem ser motivadora e não castradora desse saber. A escola tem seu papel de auxiliar o aprendiz e ajudá-lo na sua aprendizagem continuada ao longo de sua vida. Que esteja a motivado aprender sempre, que seja despertado o desejo de estar sempre aprendendo e se aperfeiçoando independente do local e lugar.

O agente da aprendizagem tem um papel fundamental, que o de facilitar o processo de aprendizagem, ensinando, transmitindo os valores e cultura de uma sociedade. A escola tem que estar aberta, predisposta em querer ensinar e aprender. Ambos constroem junta uma relação de aprendizagem. Aprendizes e agentes precisam querer e estar motivados para fazer um futuro muito melhor e mais consciente. E que a caminhada da aprendizagem seja continua e longa. Que o querer aprende e ensinar sejam significativos e que faça a transformação na vida de ambos. É preciso ter sentido naquilo que estamos ensinando e aprendendo.

A aprendizagem só acontece quando estamos predispostos a ela. Onde o desejo de querer aprender seja a válvula propulsora do saber e do conhecimento. Que o conhecimento e aprendizagem possam ser a fonte facilitadora para conduzirem, levar as pessoas aos mais diversos destinos. Seja o de viajar ou de irem até o supermercado. Que elas tenham essa liberdade de ir e vir.

A aprendizagem é a porta para o Sucesso. Ela é a caminhada bem sucedida para as nossas realizações, sejam pessoais ou profissionais.

Aprendizagem não ocupa lugar, somente abre os nossos horizontes. Nos leva ao mundo globalizado. Aprendizagem também nos leva a felicidade. A felicidade do saber a aprender.

Sandra Andrade.

(texto baseado no texto de José Armando Valente)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Estou muito feliz que você esta fazendo parte desta nova aprendizagem. Deixe seu recadinho.
Agradeço com muito carinho.